sábado, 2 de outubro de 2010

O MENTIROSO COMPULSIVO


Aqui n 'O Homem das Tabernas, damos voz e palavras aos nossos clientes e a praticamente todos os que demandam o nosso "estabelecimento". Ouvimos, vemos e lemos e, de quando em quando, como taberneiros, devemos opinar.
-
"Mentiroso Compulsivo" é um daqueles filmes familiares, para divertir e entreter o espírito, protagonizado pelo inefável actor Jim Carrey, uma espécie de híbrido entre o cómico e o bailarino, cujos filmes, por norma e por uma questão de sanidade mental, não são para levar demasiado a sério.
Em Portugal, com uma dureza real, bem diferente da fantasia do cinema, temos, desgraçadamente, alguém que há 6 anos lidera os destinos da nação, tendo em conta que a figura de presidente corporizada em Cavaco em Belém pouco mais serve do que para bibelot do regime e , eventualmente, uma espécie de "assina-papéis e corta-fitas". Resumindo e esquecendo também Bruxelas ou Berlim, quem manda é o Primeiro-Ministro!
O Primeiro-Ministro é, portanto, o mentiroso compulsivo nacional, aceite com uma córnea resignação pela nação que olha para ele, pensando ainda que, para além ou sem ele, seria o caos.
Mas com ele, como estamos? No paraíso?
Como pode ser levado a sério alguém que, com o maior descaramento do mundo, mente sobre tudo e mais alguma coisa, levando toda uma nação para o abismo?
Ontem talvez se demita; hoje nunca tal lhe passou pela cabeça e não vira a cara à  luta; amanhã talvez se demita se o aborrecerem muito!
Ontem não aumenta os impostos; hoje aumenta os impostos; amanhã aumenta outra vez, brindando o país com a maior sobrecarga fiscal de que há memória.
Ontem afirma estar a nação a recuperar; hoje afirma ser a mais grave crise da história recente; amanhã tudo estará a melhorar  de novo graças a si!
Ontem criaria 150 mil empregos, hoje temos a maior taxa de desemprego de sempre, amanhã o desemprego baixará (diz ele) graças a si!
Ontem um défice de 3%, hoje de 9, 3%; amanhã promessas de 4,5%.
Ontem não haveria aperto de cinto; hoje um apertão; amanhã talvez sim, talvez não.
Ontem são geradores eólicos por todo o lado; hoje computadores para todos; amanhã analfabetos funcionais e qualificados sem qualificação.
Ontem quilómetros de TGV; hoje não ao TGV porque não há dinheiro; amanhã TGV assim-assim!
A lista não está acabada, mas há limites para o degredo, caramba!
O que mais revolta é assistir à total impunidade com que o senhor Primeiro-Ministro se passeia, como "salvador", ao fim de todos estes disparates, mentiras, aldrabices e confusões.
A comunicação social é macia, o presidente é macio e os seus poderes valem nada, poderes que foram devidamente "desviados", dado que mais de 36 anos depois de 25 de Abril de 1974, ainda  não ultrapassámos complexos e tememos que alguém com (demasiado) poder se transforme num ditador, por via da força que detenha. Estamos, efectivamente, a olhar para o individuo errado!
Portanto, chegámos a isto, quer se queira quer não, muito por força dos partidos do regime - leia-se PS e PSD - mas sobretudo do PS (sempre muito ágil em auto-alijar-se de responsabilidades) justamente o partido que se auto-proclama como referencial de democracia e estabilidade, o partido que detém a responsabilidade maior no lamentável estado a que tudo isto chegou.
O que lhe(s) falta em verdade e honestidade, sobra-lhe(s) em descaramento. 
Importa sobreviver ao "caos" instalado e, definitivamente, tratar de pontapear no rabo com força assertiva e à primeira oportunidade, quem não merece um átomo de confiança.

11 comentários:

O Cantoneiro disse...

Realmente, tanto no país como em Penacova, é cada vez mais difícil encontrar um socialista competente na gestão dos dinheiros públicos. Mas são muito bons a enganar o povo com festanças de encher o olho. Mas quem trabalha, como eu, não se deixa enganar por esta gente.

O Cantoneiro disse...

Realmente, tanto no país como em Penacova, é cada vez mais difícil encontrar um socialista competente na gestão dos dinheiros públicos. Mas são muito bons a enganar o povo com festanças de encher o olho. Mas quem trabalha, como eu, não se deixa enganar por esta gente.

Anónimo disse...

Deves trabalhar deves. Deves ser daqueles que ajuda a mudar placas.
Por falar nisso. A humildade do homem até nisso se vê. Ainda ontem lá passei e a placa está no mesmo sitio.
Não quer admitir o erro por nada deste mundo.

Jorge Neves disse...

"Matança" do Porco
Vamos todos, colocar um pano preto, na janela das nossas casas, para demonstrar a nossa revolta e o nosso descontentamento, com este governo.
O evento começa às 0.00 horas do dia 5 de outubro de 2010 em todo país.

Anónimo disse...

A placa está no mesmo sítio, porque o Sr presidente da Junta de Figueira de Lorvão ainda não teve a dignidade de reunir com o presidente da junta de Lorvão para designar o local exacto da dita cuja, juntando uma da sua freguesia.
Porque só erra quem trabalha!
Diga lá onde está uma placa que identifique a freguesia de Figueira de Lorvão.

Anónimo disse...

Ó esperteza, a placa não indica a freguesia de Lorvão mas sim a localidade. Da mesma forma que em cima encontras a placa que diz Sernelha.
O erro foi do Mauro e o Pedro é que ainda nao teve a dignidade de reunir???
ó pá...isto de ver os filmes de trás prá frente é muito bom mesmo.

Rocha Calhau disse...

É incrível como o que preocupa alguns penacovenses seja a colocação de uma placa e a definição de territórios.
Todos estão rotos e sem dinheiro para nada, mas palermice sobra-lhes por todo o lado.
É a política e o bairrismo sem cérebro no seu pior.
Merecem-se todos até ao fim dos tempos.

ToneDaTasca disse...

e, e, e...eghhh uuup e oooohhhhh Sr. António, hooooora faz favor de botari um jarro de tinto pó balcão, que aqui o Tone vem seco...gluuupgluuup, gluuupgluuup, aaaahhhhhh...olhe Sr. António, combinei às 7epico com a Virgínia Cega do Zagalho e às 9epico com a Cacílda Silva...e, e, e...eghhh uuup e uma atrasou-se, a oitra adiantou-se...olhe, juntaram-se as duas, e, e, e aqui o Tone não teve mãos a medir...mas, mas, mas também em três hoiras deitamos abaixo as leiras de milho (encostadas ao Jácinto de Vale do Tronco)...oooohhhhh menina Natasha, faz favor de encher o jarro...gluuupgluuup, gluuupgluuup, aaaahhhhhh...e, e, e...eghhh uuup e ooohhhh Sr. António e isto está muuuto mau, e, e, e...eghhh uuup é ver as desgrácias que aparecem na TV que, que, que um homem até fica doente...e, e, e...eghhh uuup e a agricultura tá de rastos...mas olhe o que este velho amigo vos diz...essa malta nova que prai anda, ainda vai ter de se agarrar à enchada e amanhar esses campos proai fora...dantes era uma beleza, todos eram agricultores, havia o dinheirito lá da Oiropa e, e, e...eghhh e era ver essa agricultura a crescer...olhe, o Arlindo da Chica de Palmazes, amodos que ainda modernizou a leira de frota junto à ribeira das Corgas...assim sim, e, e, eghhh uuup e um homem até tinha gosto...oooohhhh menina Natasha ateste faz favor...gluuugluuup, gluuupgluuup, aaaaahhhh...e, e, eghhh uuup e oooohhhh Sr. António e o Sr. deixe que acabem com o subsídio mínimo, que, que, que o Sr. vai ver o rombo que a taberna leva...olhe, isto está do pior...e, e, eghhh uuup e olhe que este velho alertou, faz muuuto tempo, que andavam a enganar o povo...mas ninguém dá oividos a um velho bêbeda, eodespois é isto...e, e, e oooohhhh menina Alzira, bote ai um tintinho que o Tone tem de ir...amanhã vou vindimar pó Vergílio de Friumes...gluuupgluuup, gluuupgluuup, aaaaahhhhh...intéamanhã Sr. António, intéamanhã meninas......

Anónimo disse...

Isto das placas tem a ver um pouco com as mentalidades tacanhas de quem nestes casos devia dar motivos às pessoas para se unirem. Em outros tempos atrás nunca se providenciou a guerra entre Freguesias, mas agora pelos vistos vai ser moda. O presidente de Figueira sabe bem que estas coisas causam sempre problemas, tanto que em Figueira de Lorvão nem entre as povoações tem placas mas achou por bem transformar isto num caso político a armar problemas entre Freguesias. Este homem é tipo um arruaceiro a quem picaram para lançar a confusão. Vai parar perto! Mal entrou para a Junta começou logo a dizer que não lhe tinham deixado dinheiro, afinal em tempos de crise comprou uma carrinha e tinha dinheiro no banco, só que pensou que o que lhe tinham deixado era o que estava em caixa. Humildade zero, o resto o tempo vai mostrar...Quanto a reuniões realmete não era preciso tanto "escabeche" bastava que reunissem e vissem os locais certos para as coisas. Mas só quando o senhor de Figueira precisa é que se reúne e é de um cinismo que não queiram saber!

Jorge Neves disse...

Quantos funcionários ao serviço da EDP estavam de Prevenção aos U2?
Ontem eu e uma grande maioria de habitantes do concelho de Penacova, mais concretamente da Freguesia do Lorvão, estivemos privados de energia eléctrica das 10 da manhã até cerca das 00h15.
Não se admite mais de 12 horas para reparar uma avaria. Estariam os piquetes de prevenção aos U2? Qual o motivo da linha de participações de avarias da EDP estar fora de serviço? Quando ligávamos 80050650, do outro lado aparecia uma voz que dizia” o número não se encontra atribuído”.
A EDP em vez de reforçar as equipas de piquete, para a reparação de avarias e manutenção dos cabos que fornecem a energia, aposta antes em pagar ordenados chorudos a quem pouco ou nada produz para a sociedade. Que falta faz a concorrência!
Eu vou accionar os mecanismos previstos para pedir indemnização por danos materiais e morais, desafio todos a fazerem o mesmo.
Este é um problema antigo do concelho de Penacova, faço chuva ou vento, gostava de ver a Autarquia e as Juntas de Freguesia a fazerem um protesto conjunto contra a EDP.

Jorge Neves disse...

Uma correcção do numero 800506506

Related Posts with Thumbnails