terça-feira, 3 de junho de 2008

VASCO PULIDO VALENTE DÁ CONFERÊNCIA EM PENACOVA

Crédito da foto

O conhecido historiador e comentador político, Vasco Pulido Valente (VPV) participou num debate organizado pela JS-Penacova, subordinado ao tema: "O Futuro numa perspectiva de gerações".
VPV, convidado a dissertar sobre este tema, destilou uma série de ideias carregadas de um pessimismo que já faz escola.
Utilizou a palavra "desastre" 10 vezes; a palavra "pavoroso", 8 vezes; a expressão, "não acredito", 12 vezes"; "tragédia", 7 vezes e previu que "o PSD vai acabar diluído no CDS-PP e no PS, factos que prefiguram um verdadeiro golpe de estado político em Portugal e que farão o país caminhar ainda mais para a irrelevância."
Instado a pronunciar-se sobre a vida político-social de Penacova, Pulido Valente apenas esboçou um sorriso e adiantou que achava esta vila bastante pitoresca, que se enganou no caminho para cá e que foi parar a Poiares (que confessou pensar ser a sede de concelho); que tinha bastante espaço aberto para se poder fumar e, para gáudio do líder da JS e seus apaniguados, adiantou que lhe fazia confusão o PSD de Penacova estar há tanto tempo no poder e perguntou se havia mais partidos em Penacova...
O Homem das Tabernas questionou-o se alguma vez leu o blogue da JS-Penacova, organização que o convidou...
VPV disse que não, que detesta a esquerda e que para desgraças já lhe basta Sócrates existir e (des)governar os indígenas lusitanos e que veio a Penacova porque sempre quis visitar uma terra subdesenvolvida e que prova que tem razão quando escreve e fala mal do país!

1 comentário:

gaiteiro disse...

Parece o Mário Tomé

Related Posts with Thumbnails